Obra do Santo Antônio em ritmo acelerado

links patrocinados

Caraguatatuba está prestes a oferecer mais um presente aos moradores, veranistas e turistas da cidade, com a proximidade do término da construção do Monumento do Santo Antônio, localizado na rampa sul do morro, de uma altura de 320 metros.
A obra segue em ritmo intenso e deverá ser entregue no dia 8 de junho. Segundo o artista Irineu Migliorini, responsável pela imagem, seis pessoas estão trabalhando todos os dias, desde cedo, até às 21 horas.


O escultor apenas lamenta a chuva que caiu na cidade nas últimas semanas, o que de acordo com ele, atrapalha a execução do serviço. “A chuva vem atrapalhando bastante, já que usamos massas em camadas, e com tempo ruim não conseguimos fazer o trabalho, já que essas camadas caem com a chuva. E tem o acesso, que fica mais difícil também”, afirmou.
Visando a segurança e o conforto dos visitantes e praticantes do Vôo Livre, que usam o morro para a prática do esporte, a Prefeitura Municipal está pavimentando a estrada até o topo, onde fica a estátua.
Migliorini contou que o monumento é feito através de um sistema de argamassa e será ocado, com resistências previstas em casos de temporais e ventanias, sendo usado ao todo mais de 400 sacos de cimento, com o custo total orçado em cerca de R$ 124 mil.
A estátua, localizada na rampa Sul do Morro Santo Antônio, tem atraído diversos curiosos. Segundo o escultor, aos domingos, mais de 300 pessoas visitam o monumento.
“Todos os dias vem gente aqui querendo saber do trabalho, com muita curiosidade em relação ao monumento”, disse Migliorini, que embora atrapalhe um pouco o serviço, se mostrou feliz com a presença das pessoas. “Acho ótimo. Atrapalha um pouco, pois tenho que ficar parando o que estou fazendo, mas é interessante ver o interesse da população”, completou.
Além dessa, que é a maior obra do tipo do Litoral Norte de São Paulo, com 15 metros de altura, o artista coleciona muitos outros trabalhos de importância em seu currículo, como a Estátua da Liberdade, em Joinvile, Santa Catarina, que tem 21 metros.
Em Guaratinguetá, a imagem do Frei Galvão também foi de autoria de Irineu Migliorini, assim como outras obras na cidade do Rio de Janeiro, Macaé, entre outras.
Reconhecido em todo país, o escultor do monumento do Santo Antônio, que tem seu ateliê em Pindamonhangaba, considera que o trabalho feito em Caraguá tem um gosto especial em sua carreira.
“O Santo Antônio representa muito, pois é um santo que tem uma afeição muito grande. Para mim, é gratificante poder fazer esse trabalho, de um santo com uma energia tão positiva”, falou o artista, que revelou como iniciou a carreira há 35 anos.
“Desde criança eu fazia brinquedos para minhas irmãs, com argila, como galinhas, patinhos. Assim, começou a vontade de esculpir, e hoje faço trabalhos profissionais”, contou.
Visando economia e beleza, a Prefeitura Municipal, juntamente com Migliorini, decidiram colocar uma iluminação de fibra ótica, com quatro cores sincronizadas, formadas por lâmpadas econômicas, com um gerador e funcionamento de hora programada, o que dará visão para toda a cidade de Caraguatatuba.
A imagem está sendo construída voltada para a Igreja Matriz Santo Antônio, que possui a réplica de 200 anos, copiada por Migliorini. O santo padroeiro de Caraguatatuba é comemorado no dia 13 de junho, e deverá receber este ano, aproximadamente 2 mil pessoas.
O prefeito José Pereira de Aguilar está entusiasmado com o projeto. “É importante fazermos o monumento do padroeiro, que também já foi o nome da cidade (Santo Antônio de Caraguatatuba). Tínhamos esse compromisso com a história e a cultura de Caraguá”, ressaltou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui