6 ondas temidas pelos surfistas

links patrocinados

Os últimos dias de outubro foram agitados pros atletas brasileiros do surf: no último dia 28, encarando as ondas gigantes de Nazaré, em Portugal, Scooby surfou a maior onda de sua vida e ainda puxou o veterano Carlos Burle pra aquela que pode ser a maior da história – a primeira com mais de 25 metros e a segunda, com mais de 30, ambas aguardando confirmações. Por um motivo menos vibrante, o dia também foi inesquecível pra Maya Gabeira, que sofreu um acidente no mesmo local, fraturando o tornozelo e ficando vários minutos submersa antes de ser resgatada por Burle.

Além das de Nazaré, existem outras ondas ao redor do mundo que são temidas pelos surfistas – seja pelo tamanho, pela presença de pedras, fortes correntezas ou mesmo de tubarões na região.

Confira abaixo uma lista de lugares que fazem subir a adrenalina de qualquer surfista:

Dungeons – Cidade do Cabo, África do Sul

Tem que ser corajoso pra encarar um lugar cheio de tubarões brancos famintos e com uma correnteza muito forte. Isso sem contar a temperatura sempre baixa da água e a grande nebulosidade no local.

Vinapu – Ilha de Páscoa

Além de ondas gigantes e frias, Vinapu ainda conta com tubarões, pedras e ouriços. “O grau de dificuldade é altíssimo, faixa-preta mesmo nas marolas”, já definiu o surfista carioca Stephan Figueiredo.

Shipstern Bluff – Tasmânia, Austrália

links patrocinados

Como em boa parte do litoral australiano, a região é cercada de tubarões. Some a isso um fundo de coral raso e ondas que quebram de forma irregular, difíceis de se equilibrar. Em setembro, o surfista adolescente Riley Laing topou o desafio e caiu pra dentro dessa onda capaz de amedrontar muito marmanjo.

Mavericks – Estados Unidos

Com suas águas geladas e turvas, pedras pontiagudas ao fundo e, claro, cheias de tubarões, as ondas de Mavericks são conhecidas por não perdoarem os ossos de quem se descuida pelo local. Mesmo surfistas mais experientes acabam se machucando, as vezes fatalmente, por lá. Foi o caso, por exemplo, do havaiano Mark Foo, em 1994.

Jaws – Ilha de Maui, Havaí

Grande volume de água, pedras cortantes ao fundo e um penhasco a apenas 800 metros. Em Jaws foi surfada uma das maiores ondas da história – 21,5 metros, em 2004, pelo havaiano Pete Cabrinha.

Teahupoo – Taiti

Pra se ter uma ideia, pro surf na região é recomendável o uso equipamentos de segurança como colete salva-vidas e capacete. Isso porque as ondas gigantescas quebram a apenas 60 metros da costa, bem em cima de uma banca de coral, oferecendo sérios riscos aos surfistas.

links patrocinados
Artigo anterior6 curiosidades que Johnny Cash gostaria que você soubesse
Próximo artigo12 Filmes que você jura ter visto antes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui